Debates


Colón



Caro amigo Carlos Barros:

Sei que V. divulga democraticamente os textos que enviam os que fazem parte desta HaD. De minha parte, raramente ou nunca intervenho, pois me limito a acompanhar o que se vai discutindo aqui. Hoje, porém, no texto abaixo [Colón nº 11], chamou minha atenção a referência a essa coisa estranha ao território do Historiador: essa noção de «identidade nacional», logicamente incompatível com a epistemologia da História, noção de sabor policialesco e de inspiração nazista, mas que avassalou o campo das Ciências Humanas nos últimos 20 ou 30 anos, de modo leviano e sem jamais ser submetido à crítica do "conceito". Lastimável!

Va mi fraternal abrazo,

Dr. Eduardo Diatahy Bezerra de Menezes
Professor Emérito da Universidade Federal do Ceará
Professor Titular do Doutorado e Mestrado em Sociologia - (UFC),
e Mestrado em História Social - Universidade Estadual do Ceará (UECE)