Debates


Antropologia e Historia


A discussão pode ser fecunda, especialmente com a incorporação da vertente marxista. Em face da mensagem de Bonilla, agrego o nome de Thompson e a importância da expressão history from bellow. Em Hobs. (tenho inegável dificuldade de escrever a palavra) penso sobretudo na sua busca pelo homem comum. Trago também o nome de Hill, parecendo-me que todo o marxismo crítico inglês faz uma referência direta à cultura, passa por ela. Por outro lado, é possível que encontremos nos diversos países da América Latina autores - não obrigatoriamente marxistas - de extrema importância que trabalharam neste campo, mesmo antes que a temática aflorasse em termos explícitos. Parece-me importante, caso seja verdade, que tivéssemos pronunciamentos sobre o assunto vindos de diversos de nossos países.
 
Quem sabe, surgiria uma interessante bibliografia comentada?
 
Um abraço amigo
 
Luiz Sávio de Almeida
Universidade Federal de Alagoas
Maceió - Alagoas - Brasil